skip to Main Content
Menu

O que é esse tal de Salto Quântico que muitos vêm falando e o que tem a ver com Negócios?

Você já passou por uma experiência que mudou drasticamente a sua maneira de pensar e/ou acreditar em algo? Um dia você acreditava que não podia ter certas coisas, e no outro acredita que até o céu é perto de mais para ser o limite…

A primeira vez que ouvi falar em Salto Quântico fiquei intrigada, sem entender muito o que isso realmente significava…

Fui então ler a definição:
“A mudança de vibração de um estado a outro de uma vez só, sem um gradual aumento ou diminuimento dessa vibração que possa ser medido”

Mas o que isso tem a ver com experiências pessoais e profissionais?

Até eu conhecer minha mentora Lisa Sasevich e ler alguns livros que abriram meus olhos para um mundo que eu achava que não me pertencia, eu tinha certas crenças que estavam me impedindo de ir adiante à minha missão de vida… Eu me via como uma coach, instrutura, e não como uma empreendedora, até mesmo empresária.

Porém, de um dia para o outro, tudo mudou…

Percebi que nós, profissionais liberais, se quisermos fazer a diferença em grande escala neste mundo, precisamos pensar como empresários, pois afinal são eles que conseguem atingir um maior número de pessoas, não é mesmo?

E o que precisamos fazer para mudarmos nossa maneria de pensar e termos os ditos Saltos Quânticos?

1. Definindo o que significa a palavra empresário/empreendedor para você;
2. Acreditando que se você quiser fazer uma diferença maior no mundo com a sua profissão, terá que pensar GRANDE;
3. Cercando-nos de pessoas que pensam assim;
4. Tendo um mentor que já esteja tendo o sucesso da maneira que você gostaria;
5. Procurando continuamente se desenvolver pessoalmente, seja através de livros, cursos, palestras, videos, etc

Você pode chegar onde quiser, mesmo que pareça impossível!!
Acreditem, eu cheguei lá!

E para terminar, gostaria de dividir o trecho de um livro que gosto muito “A Return to Love” de Marianne Williamson:

“Nosso maior medo não é o de sermos inadequandos. Nosso maior medo é de sermos poderosos além da nossa imaginação. É a nossa luz e não nossa escuridão que mais nos amedronta. Nós nos perguntamos: quem sou eu para brilhar, ser lindo, fabuloso? Na verdade, quem é você para NÃO ser tudo isso?


Você é filho de Deus. Se você almejar pouco, não estará servindo ao mundo. Não há nada de iluminado em se encolher para que os outros não se sintam inseguros perto de você. Todos nós fomos feitos para brilhar, como crianças. Nascemos para manifestar a glória de Deus que está dentro de nós. Não está somente em alguns; está em todo mundo. E quando deixamos nossa própria luz brilhar, inconscientemente damos aos outros permissão de fazer o mesmo. Quando nos liberamos de nosso próprio medo, nossa presença automaticamente libera os outros”.

Muito sucesso a todos!!

Comentários

comentários

This Post Has One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *