skip to Main Content
O Que O Seu Negócio Pode Aprender Com As Artes Marciais?

O que o seu negócio pode aprender com as Artes Marciais?

 

Melina lutando Muay Thai

Você já parou para pensar o que as lutas tem a ver com negócio?

Além de hoje em dia elas serem um bom negócio para as academias, é claro…

Semana passada fui fazer o meu exame de troca de faixa no Muay Thai.

Depois do exame, alguns alunos mais graduados fizeram uma demonstração para todos nós.

Então perguntei aos professores se eles não fariam também uma demonstraçãozinha para vermos o que é uma “luta de verdade”.

Embora eles não tivessem se programado para tal, gostaram da idéia, pois como aluna, preciso e aprecio modelos de sucesso no que estou aprendendo.

Se pudermos nos espelhar naqueles que já alcançaram o que queremos, além de aprendermos com eles, nos motivamos a continuar lutando.

Lutando não só literalmente, como no caso do Muay Thai, mas emocionalmente (luta interna), que diga-se de passagem, considero a luta mais difícil...

Quando temos modelos positivos, que nos mostram o quanto a perseverança, o foco e a disciplina podem nos levar, fica muito mais fácil batalharmos quando os obstáculos, invevitáveis, aparecerem.

O legal mesmo é termos modelos para todos os aspectos da nossa vida e do nosso negócio. Encontrar pessoas que nos motivem a sermos melhores em cada canto da nossa vida.

Por exemplo: alguém que tenha alcançado o tipo de sucesso profissional que você almeja, outra que tenha alcançado sucesso no casamento, com os filhos, espiritualmente, socialmente, intelectualmente e emocionalmente.

Esses modelos podem ser vivos ou não, próximos ou pessoas que nunca tivemos a oportunidade de conhecer pessoalmente. Por exemplo, admiro o Nelson Mandela, pois mesmo depois de ter sofrido tanto quando encarcerado, lutou pela harmonia entre negros e brancos na África do Sul. Para mim, ele é um exemplo de humildade, inteligência e bondade, onde o bem geral é mais importante que sua vingança pessoal.

Outra é Lisa Sasevich, por ter montado um negócio de muito sucesso, baseado nos seus valores e prioridades, sem deixar de lado seu lado mulher e mãe.

Deu para entender a idéia, né?

Então fica aqui minha pergunta:

Quem são os SEUS modelos?

Comentários

comentários

This Post Has 0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *