skip to Main Content

De quem é a culpa afinal?

Chegamos ao final do ano e olhando para trás tentamos analisar o que deu certo e o que não deu tão certo assim… e nos perguntamos: o que deu errado? De quem é a culpa pelo o que aconteceu durante este ano e durante nossas vidas em geral?

E com esse pensamento, resolvi fazer uma lista de todos os “culpados” na minha vida (tenho certeza que estou deixando de fora muitos deles…).

Em primeiro lugar culpo minha querida mãe por ter trabalhado duro, sem ter muito tempo para passar com a gente; por nos ter colocados inúmeros limites e “nãos”. Eu a culpo pela minha independência, determinação, persistência e confiança em mim mesma. Por ter me criado para o mundo e não para eles. Por ter sido a advogada do diabo, me fazendo sempre refletir todas as minhas opções e passos. Por ser uma otimista e “vislumbrada’ natural, a culpo por eu acreditar que a vida é maravilhosa e que com esforço e persistência, podemos tudo.

Culpo meu pai por estare sempre preocupado com horário, nos acordando cedo para ir a escola. Se preocupando conosco, sabendo se comemos, dormimos, chegamos bem, etc. O culpo por eu ser hoje responsável assim pelos meus filhos.

Culpo meu marido por acreditar em mim mesmo quando meus sonhos parecem impossíveis de se alcançar. Por amar tanto a nossa família que se dispôs a morar em uma cultura completamente diferente do que estava acostumado. Por ter impulsionado minha auto-estima sempre me vendo como a mulher mais maravilhosa do mundo, mesmo quando eu não acreditava.

Culpo meus filhos amados, Liora e Boris. Pois foi pensando no futuro deles que nos mudamos para o Brasil, onde hoje eu posso fazer a diferença na vida de tantas pessoas com o meu trabalho. Os culpo também por serem o motivo de eu criar um negócio de acordo com as necessidades da família e não vice-versa. Além de os culpar por estarem sempre aprimorando minha paciência…

Culpo aqueles professores “chatos” durante minha vida de estudante, que não me deixaram “dar um jeitinho” e passar de ano. Os culpo por hoje eu ter a paciência de sentar e estudar tudo o que eu preciso para me desenvolver.

Culpo aquele chefe “chato” e “crica” que fazia nossas vidas um verdadeiro inferno no trabalho. O culpo por ter me ensinado a lidar e ter paciência com todo o tipo de gente neste mundo.

Culpo os meus queridos clientes que embora algumas vezes desafiadores, me ensinaram e continuam ensinando muito com seus questionamentos, percepções e insights.

Culpo minha mentora e coach Lisa Sasevich por ter me mostrado que é possível irmos atrás de nossos sonhos, nossa missão de vida, mesmo quando o medo é maior que a certeza de realização. Por ter me oferecido a oportunidade de investir em mim mesma, no meu negócio como uma verdadeira empresária e não mais como alguém com um passa-tempo. Por ser um modelo de empresária, sem esquecer-se do seu papel de esposa, mãe e amiga.

Culpo Christian Mickelsen por ter sido a primeira pessoa a me mostrar que marketing pode ser uma forma prazerosa de comunicação e não um mal necessário. Por ter aberto um novo caminho na minha vida, por onde hoje eu sigo com segurança e satisfação.

Culpo todos os livros de auto-ajuda, que muitos criticam, por terem me mostrado como me aceitar mais, perdoar o passado e aos outros, acreditar no ser humano e em mim, entre milhares de outras coisas que me ajudam a ser a pessoa que sou hoje.

E por fim a Deus, por estar sempre comigo, me monstrando o caminho que devo tomar, mesmo que este não pareça ser sempre o mais fácil. Por ter me colocado em uma família maravilhosa, ter me oferecido oportunidades únicas e me dar a certeza de que nunca estou sozinha. Que não importa o que aconteça, tudo ficará bem!

Você sabia que se não fossem todas as pessoas e experiências em nossas vidas, boas ou ruins, hoje não seríamos quem somos? Lembrando que as “ruins” são as que geralmente nos fazem crescer e amadurecer…

2011 está quase aí, então porque você não aproveita para fazer a lista dos “culpados” na sua vida e quem sabe até mesmo agradecê-los pelo “estrago” que fizeram?

Desejo a todos um 2011 MUITO MELHOR do que todos os anos que já se passaram!!

Comentários

comentários