skip to Main Content

O que fazer para que seu público abra e leia mais seus emails?

Você sabia que estatisticamente somente de 20 a 25%
dos emails enviados são abertos?

E que desta percentagem, somente uma outra lê os mesmos?

Se a probabilidade de um email enviado ao seus clientes,
ou prósperos clientes é tão pequena, como fazer para aumentá-la,
ou para que este número não seja ainda menor?

Pense bem, da sua caixa de entrada quais os emails que você abre
e quais o que você deleta sem hesitar?

Se você for como a grande maioria dos internaltas,
os mais abertos são aqueles cujo assunto é chamativo, não é mesmo?

Quantos emails eu recebo divulgando cursos ou promoções,
cujo assunto não me diz nada…

Alguns exemplos:

“Curso de hipnose” (se eu não souber o que é hipnose, por que estarei interessado em um curso?)
“Palestra sobre técnicas orientais” (não tenho idéia do que eu possa me beneficiar com tais técnicas)
“A inteligência é o maior poder da conquista” (conquista de quê?)

Nessa nossa atual sociedade, onde estamos sempre correndo e sem tempo, quem abrirá um email, ou lerá quaquer coisa que seja, se não souber o que vai ganhar com isso?

Vamos supor que seu público alvo seja formado por pessoas

tentando perder peso (por isso a importância de conhecermos nosso público alvo)

Não chamaria muito mais a atenção se os assuntos fossem?

“Como emagrecer através da hipnose”;
“Venha descobrir como as técnicas orientais podem auxiliar na perda permanente de peso”;
“Usando a inteligência na conquista de um corpo saudável e magro”.

A pergunta que temos que nos fazer antes de escrevermos
uma frase no campo do assunto, ou título de um artigo é:

“O que o meu público tem a ganhar com isso?” ou
“Que dor ele tem que o faria ler o resto?”

O título é o grande filtro de tudo e se este não estiver
respondendo a um desejo ou uma dor do seu “ouvinte”,
a probabilidade de ser aberto (e lido) será ainda menor que os ditos 20%.

Pense nisso…

Comentários

comentários