skip to Main Content

O que rende mais, sua profissão ou o seu negócio?

Para nós, profissionais liberais autónomos, essa pergunta parece não fazer muito sentido, não é mesmo?

Afinal, eu ganho com a minha profissão!

Porém, para podermos ganhar de verdade com qualquer profissão, precisamos lembrar que existe um negócio por trás dela, e que se esse negócio não funcionar bem, e não conseguirmos nos sustentar com ele,
acabamos desistindo da nossa profissão.

Vou explicar melhor: quando eu terminei meu curso de coaching nos EUA, eu percebi que sabia ajudar os outros a chegarem onde queriam, ou seja, sabia atuar na minha profissão.

Entretanto, eu era ignorante sobre o lado business, o negócio da coisa.

Resultado: não conseguia ganhar dinheiro com a minha profissão.

A partir do momento em que aprendi a me ver como uma empresária — uma empresária que sabe a importância de como atingir metas, atrair clientes, cobrar pelos seus serviços, se divulgar — foi que a minha profissão começou a se tornar um negócio rentável.

Então na verdade não é nem somente a profissão ou o negócio que lhe trará mais renda, mas sim a união dos dois.
Robert T. Kiyosak conta em seu livro “Pai Rico Pai Pobre”, que um dia, ao dar uma entrevista a uma jovem jornalista, ela lhe perguntou como fazer um livro se tornar um Best-Seller (mais vendido).

Ele sugere que a jornalista faça um curso de vendas. Ofendida, ela diz ser uma escritora e não vendedora.

Ele responde: você me perguntou como ser um Best Seller (mais vendido), e não um Best Writer (melhor escritor).

As pessoas passam a vida profissional investindo na sua própria profissão, o que sem sombra de dúvida é
essencial para o sucesso, mas esquecem de investir no seu negócio.

Foi a partir do momento em que resolvi investir no meu negócio que minha profissão começou a me trazer mais retornos.

Por essa razão tenho tanta paixão pelo o que eu faço, pois ajudo profissionais como você — bons no que fazem — a se enxergarem como empresários.

Não só isso, mas a obterem muito mais satisfação através do controle e prazer que se adquire ao entender que seu negócio não é nem um bicho-de-sete-cabeças.

Então, o que você fez pelo seu negócio hoje?

Para aqueles que ainda não assistiram ao último vídeo da série “Planejando com Sucesso”, venha aprender o se pode fazer para se obter o apoio certo para nos levar adiante, clicando aqui.

E para receber dicas como estas em sua caixa postal, inscreva-se no www.melinakunifas.com

Comentários

comentários