skip to Main Content
Será Que Estou Sendo Enganado?

Será que estou sendo enganado?

Acordei hoje com uma mensagem LINDA do meu queridíssimo amigo Jacob Cachinga, falando do meu último post. Ele dizia que também sempre se questionou sobre o sentido da vida, que não podia ser só casar, ter filhos, ganhar dinheiro, etc. Que devia ter algo a mais.

Aí ele disse: -mas todo mundo deve se perguntar isso, né?

E minha resposta foi: NÃO! 

Aí que me toquei que a maioria das pessoas prefere viver mentindo para elas mesmas, viver no engano do que admitir que foram enganadas a vida toda.

Há alguns anos atrás, vi no programa do Dr. Phil (programa onde as pessoas levam problemas para ele ajudá-las), sobre uma filha que pedia ajuda para sua mãe. Ela tinha sido enganada em um daqueles esquemas onde um homem, geralmente do exército americano se “apaixona” por ela, e mantém uma relação à distância. Nessa eles começam a pedir dinheiro, e muitas mulheres fragilizadas, precisando de qualquer tipo de amor, acreditam e mandam. Neste caso, ela já tinha enviado perto de 200 mil dólares, sem nunca o ter conhecido. No programa eles trouxeram todas as provas evidenciando que ela tinha sido totalmente enganada. Mas mesmo assim, ela ainda se recusava a acreditar e dava todas as razões para continuar acreditando nele, pois para ela a dor da decepção de ter SE DEIXADO ENGANAR era muito maior do que todo o esquema que tinham feito para ela. 

Sei que você pode estar pensando “ah, mas eu não sou bobo, jamais cairia num esquema desses”. Porém caímos em milhares de esquemas desde que nascemos, por isso não percebemos. Desde acreditar que fazendo uma boa faculdade, tendo um bom emprego, dinheiro, viagens, casando e tendo filhos, viveremos felizes para sempre. SQN! (só que não).

Vejo MUITA gente, principalmente depois dos 40, tendo conquistado tudo isso, mas incompletas, no fundo infelizes, achando que só mais um carro, mais uma plástica, mais uma viagem trará o que elas procuram. E esse carrossel gira sem fim, para um dia muitos acabarem doentes, numa cama de hospital ou com uma caixinha de remédios ao lado da sua cama. 

A gente precisa de MUITA humildade para aceitar que fomos sim enganados, e que não foi por má fé, mas porque fomos criados por pais enganados, professores e escolas enganadas, e uma sociedade inteira vivendo na mentira, e que mesmo assim, ESTÁ TUDO BEM! Escolhemos vir para cá, mesmo sabendo do perigo de cegarmos, mas na esperança de que um dia abriríamos os olhos e enxergaríamos a verdade.

E digo ainda: NUNCA É TARDE PARA VERMOS A VERDADE!

E quando isso acontece, ao invés de nos desmontarmos e ficarmos arrasados por saber que vivemos no escuro por tanto tempo, algo mágico acontece: Uma imensa gratidão nos toma por inteiros por termos finalmente tido a oportunidade de descobrir como é de fato vivermos livres para escolher nosso próprio caminho e consequentemente vivermos FELIZES E EM PAZ ! 

Vou terminar este post com uma historinha:

“A Verdade e a Mentira estavam passeando, quando a Mentira sugeriu delas tomarem um banho de rio. A Verdade não quis, mas a Mentira a convenceu. Tiraram suas roupas e entraram. Nisso a Mentira saiu sem avisar e vestiu a roupa da Verdade. A Verdade teve que voltar nua. As pessoas a evitavam e olhavam somente para a Mentira.”

Moral da história: As pessoas preferem a mentira vestida de verdade, do que a verdade nua e crua.

Comentários

comentários